segunda-feira, 6 de setembro de 2010

A Prece de Cáritas e a sua História

Compartilhar

Para abrir bem semana, nada melhor do que uma prece que inspira diversos valores e sentimentos que geram um conforto magnífico.

A um tempo, esta prece, ou melhor, o nome dela tem me sido orientado. Então, além de reler e fazer a minha prece, compartilho ela para que ganhe em suas orações um espaço merecido, principalmente para aquelas pessoas que motivadas pelo coração realizam atos e correm atrás da realização de desejos por muitos incompreensíveis.

Compartilho também algumas informações sobre o espírito de Cáritas e sua vida terrena.

Prece de Cáritas

Deus, nosso pai, que sois todo Poder e Bondade, dai a força àquele que passa pela provação, dai a luz àquele que procura a verdade; ponde no coração do homem a compaixão e a caridade!
Pai, dai ao culpado o arrependimento, ao espírito a verdade, à criança o guia, e ao órfão o pai!
Senhor, que a Vossa Bondade se estenda sobre tudo o que criastes. Piedade, Senhor, para aqueles que vos não conhece, esperança para aquele que sofre. Que a Vossa Bondade permita aos espíritos consoladores derramarem por toda a parte, a paz, a esperança, a fé.
Deus! Um raio, uma faísca do Vosso Amor pode abrasar a Terra; deixai-nas beber nas fontes dessa bondade fecunda e infinita, e todas as lágrimas secarão, todas as dores se acalmarão.
E um só coração, um só pensamento subirá até Vós, como um grito de reconhecimento e de amor.
Como Moisés sobre a montanha, nós Vos esperamos com os braços abertos, oh Poder! oh Bondade! oh Beleza! oh Perfeição! E queremos de alguma sorte merecer a Vossa Divina Misericórdia.
Deus, dai-nos a força para ajudar o progresso, afim de subirmos até Vós; dai-nos a caridade pura, dai-nos a fé e a razão; dai-nos a simplicidade que fará de nossas almas o espelho onde se refletirá a Vossa Divina e Santa Imagem.

Assim Seja; Graças a Deus.

***


Busquei saber quem foi Cáritas, apesar de ter a compreensão de que o nome é o que menos importa diante do gesto de amor, mas gosto de questionar para saber, pois dessa forma, viso um conhecimento mais amplo e tenho como passar a informação mais completa.

Encontrei em muitas fontes a mesma história que contribuo também:

Cáritas era um espírito que se comunicava através de uma das médiuns de sua época - Mme. W. Krell - em um grupo de Bordeuax (França), sendo ela uma das maiores psicografas da História do Espiritismo, em especial por transmitir poesia, da labra de Lamartine, André Chénier, Saint-Beuve e Alfred de Musset, além do próprio Edgard Allan Poe. Na prosa, ela recebeu mensagens de O Espírito da Verdade, Dumas, Larcordaire, Lamennais, Pascal, e dos gregos Ésopo e Fenelon.

A prece de Cáritas foi psicografada na noite de Natal, 25 de Dezembro, do ano de 1873, ditada pela suava Cáritas, de quem são, ainda, as comunicações: "Como servir a religião espiritual" e "A esmola espiritual".

Todas as mensagens que Mme. W. Krell psicografava em transe, e, que chegaram até nós, encontram-se no livro Rayonnements de La vie Spirituelle, publicado em Maio de 1875 em Bordeaux, inclusive, o próprio texto em francês (como foi transmitido) da Prece de Cáritas.

Apesar do texto explicar como esta prece foi agraciada a médium Mme. W. Krell, procurei buscar mais informações sobre Cáritas e cheguei a Roma antiga, no período do Imperador Diocleciano, que assim como outros imperadores, perseguiu os cristãos de forma sanguinária.

De acordo com o site Portal do Espírito, Santa Irene seria Cáritas, uma das perseguidas e queimadas vivas em praça pública, por ordem do Governador Dulcério após interrogatório, onde se manteve inabalável ao afirmar a sua conduta pela fé nos ensinamentos deixados por Jesus Cristo.

Logo meus amigos, o caminho pode ser árduo e difícil de ser trilhado, mas a recompensa é mais do que gratificante ao se propor com firmeza, quais são as convicções diante da fé a serem seguidas e abraçadas em nossas vidas.

Uma semana regida por belos acontecimentos e luz em todos os caminhos verdadeiros.

5 comentários :

Anônimo disse...

Amigo amei o post, a prece é linda eu já conhecia , mas não conhecia a história dela , obrigada por compartilhar.


Abraços e muita luz para todos nós !!

Andreia

Anônimo disse...

Obrigada Irmão, amo esta Prece e a conheço desde pequenina quando meus pais faziam orações em casa com a família, todas as semanas e colocava esta oração na voz de Alziro Zarur,na época gravada numa fita k-7; muito bem-vinda e a calhar esta oração para nossa irmã Leila Lopes. Obrigada e fique com Deus!
LUZ

Carmenaddres disse...

Ouvi pela primeira vez, essa prece em uma casa de caridade, em 1996 uma amiga me presenteou com essa prece, da qual fiz cópias, para distribuir para amigos: ela faz parte do Evangelho em meu Lar.Muita paz a todos!

Irmão Azul disse...

Olá Carmen, agradeço o regar de seu comentário! 

Essa oração que é linda, também está presente todas as vezes que realizo o Evangelho do Lar.
Muita luz para você e todos ao seu redor!

Diego Pinheiro disse...

Coincidência...esta oração também me foi indicada pela entidade principal do centro espírita onde frequento. Devo dizer que também compartilho Diego de sua busca pela verdade, sempre questiono, pesquiso, quero saber mais informações...é inato da minha pessoa.

Pouco sei sobre Santa Irene, mas sei que Cáritas também era o nome grego das três bailarinas associadas ao séquito de afrodite, que na época romana vieram a ser conhecidas como as "três graças", sendo representadas no quadro "A Primavera" do pintor renascentista Botticelli.

No mundo clássico, Cáritas era um símbolo de amor, beleza e arte.

Sementes de Luz Plantadas