sexta-feira, 22 de junho de 2018

Onde se hospedar em Abadiânia

Compartilhar
Preparado para arrumar as malas em direção a Abadiânia, mas ainda não sabe onde se hospedar? Esta Semente de Luz visa desmistificar esse assunto com uma dica super atual, pois estive lá durante o período de 13 a 16 de Junho de 2018.

Fachada da Pousada Sonho de Luz a 100 metros da Casa Dom Inácio de Loyola.

Localização: Toda vez que viajo um fator determinante logo após o valor é a localização, pois isso economiza tempo e com mais tempo tenho como desfrutar melhor a viagem. A Pousada Sonho de Luz fica a apenas 100 metros caminhando da Casa Dom Inácio de Loyola, isso facilita e muito o deslocamento para a participação no início dos trabalhos pela parte da manhã (iniciam às 08h00) e a tarde (iniciam às 14h00), porém fica a dica de chegar com 30 minutos de antecedência, pois as entidades que trabalham com o médium João de Deus (João Teixeira de Faria) às vezes solicitam a abertura mais cedo.

A pousada: Possui 11 quartos, sendo dois dentro da casa, sete em chalés todos aptos a receberem famílias e dois outros adaptados para portadores de necessidades especiais. A recepção é 24 horas e todos os hóspedes recebem a chave do portão principal, possui wi-fi grátis em todas as dependências, room service nos dias de cirurgia espiritual (basta agendar na recepção para que as refeições sejam entregues no quarto com valor a parte), serviço de transfer entre os aeroportos de Brasília e Goiania. Além disso, o atendimento por parte dos funcionários é sempre cordial, ambiente limpo e espaçoso.

Alta Temporada: A Casa de Dom Inácio de Loyola possui duas datas festivas com grande procura, uma durante o aniversário do médium João de Deus, todo dia 24 de Junho (Canceriano) e no final de Julho, festejo da entidade que dá nome a casa. A procura também é alta nos feriados, principalmente os prolongados.

Valores: As diárias com café da manhã para cada pessoa custa o valor de R$ 130,00 em quarto sem ar condicionado, com a opção do ar condicionado, basta acrescentar o valor de R$ 50,00. Há também um quarto com diária no valor de R$ 110,00 por pessoa incluso o café da manha. É possível também se hospedar com a função de pensão completa acrescentando R$ 50,00 nas diárias, porém somente em grupos com no mínimo cinco pessoas.


O jardim é convidativo para descansar, possui redes e o canto dos pássaros nativos.

Formas de pagamento: As formas aceitas são cartão de débito (com taxa de 3,29%), transferência bancária e em espécie.

Contatos para realizar a reserva: +55 62 3343-2278 | +55 62 99686-8906 (WhatsApp) com os administradores Ruiter ou Daniele com atendimento em português (pousadasonhodeluz@gmail.com).

Pour le service en français et en anglais, il y a les options suivantes: +33 6 60 50 98 70 (Whatsapp)

For service in french and english there are the following options: +33 6 60 50 98 70 (Whatsapp)

Endereço: Av. Frontal, 520, Fazenda Capivari. CEP: 72940-000 - Abadiânia - GO



Enquanto estive hospedado nesta pousada conversei com hóspedes de São Paulo e dos EUA, porém na cidade é fácil encontrar turistas e moradores de outras nacionalidades e claro de outras partes do Brasil.

Em breve irei postar dicas sobre a cidade, principalmente do café delícia que encontrei, ou quem sabe direcionado! 😅

Gostou desta Semente de Luz? Que tal curtir e compartilhar com seus amigos?

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Como chegar em Abadiânia

Compartilhar
Antes de mostrar os passos que realizei para chegar à Abadiânia, gostaria de levantar uma questão, como está a sua vida?

Visando responder esse questionamento, me propus retornar à Abadiânia para que pudesse ir de encontro com algo que sinto ser verdade e desta forma poder compartilhar dela para que outros também se sintam tocados e com isso aos poucos ir se entendendo e respondendo a pergunta inicial.

Caminhos percorridos para chegar em Abadiânia/Go
Para chegar à Abadiânia é necessário um belo planejamento, principalmente quando você não está a sós e há uma criança no meio. Toda a minha pesquisa iniciou após sentir que deveria ir à Abadiânia e visitar a Casa de Dom Inácio de Loyola! Período? O primeiro que eu encontrasse uma boa passagem de avião. Atualmente resido em São Luís/MA e as passagens daqui para qualquer parte do país em alguns momentos possuem o mesmo valor de uma internacional.

Iniciei buscando em uma aplicativo que descobri em uma de minhas viagens. Voopter, sim este mesmo com nome esquisito, mas com funções incríveis para quem ama viajar. Quem possui iPhone pode baixar através deste link - App Store e para quem possui o sistema Android segue o link - Google Play.

Tem também um outro aplicativo que sou fã e se chama Melhores Destinos, podendo baixar para iPhone neste link - App Store e Android neste link - Google Play.

Qual a diferença de ambos e juro que não estou promovendo nenhum merchan, apenas mostrando meus caminhos! O primeiro app você cria um buscador de passagens saindo de um aeroporto com destino a outro e pelo valor máximo que deseja pagar, o outro te mostra promoções para o Brasil e mundo inteiro, claro que, nesse segundo vale a pena filtrar bem, pois o tempo que está aqui, não é o mesmo que está por exemplo na Sibéria e aquela promoção pode se tornar uma fria maior ainda.

Passagem comprada, próximo passo é escolher a hospedagem. Com base nas minhas idas a Abadiânia recomendo as opções abaixo, cada uma possui também o seu diferencial e no final das contas o que vai pesar será além da localização e valor, a disponibilidade, pois é uma cidade que está sempre recebendo turistas das mais diversas partes do mundo.

--------------------------------
--------------------------------

Pronto, com esses dois passos certos, agora é saber como chegar na cidade após pousar no Aeroporto de Goiânia ou Brasília.

Nas duas vezes que fui a cidade iniciei o trajeto por Brasília – abaixo deste parágrafo segue a postagem de 2013 –, porém, desta vez não optei pelo serviço de táxi que custa R$ 230,00, mas por usar outro aplicativo o BlaBlaCar que já me salvou em algumas cidades pelas quais viajei. De Brasília para Abadiânia o valor em média por pessoa é de R$ 35,00 saindo do aeroporto e fazendo o caminho inverso, claro que é possível encontrar valores menores, mas devido o fator tempo com as negociações que devem ser sempre bilaterais, segue o valor teto para que não desembolse um valor a mais.
Este aplicativo assim como os outros informados também estão disponíveis na App Store e Google Play.

Pronto, aqui está um roteiro que não é fácil de executar, mas também não é impossível e que gera um resultado muito benéfico a todos os seus corpos.

Eu fico por aqui e convido a todos visitarem as outras Sementes de Luz relacionadas a esta viagem. Em breve vou disponibilizar outros links aqui embaixo. See you! 😘

Gostou desta Semente de Luz? Que tal curtir e compartilhar com seus amigos?

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Hidrocefalia: visão espiritual que antecede o reencarne

Compartilhar
Grande Cabeça

Advogado e o seu resgate espiritual
O Dr. Abelardo Tourinho era, indiscutivelmente, verdadeira águia de inteligência. Advogado de renome, não conhecia derrotas. Sua palavra sugestiva, nos grandes processos, tocava-se de maravilhosa expressão de magnetismo pessoal. Seus pareceres denunciavam apurada cultura. Abelardo se mantinha, horas e horas, no gabinete particular, surpreendendo as colisões das leis humanas entre si. Mas, seu talento privilegiado caracterizava-se por um traço lamentável. Não vacilava na defesa do mal, diante do dinheiro. Se o cliente prometia pagamento farto, o advogado torturava decretos, ladeava artigos, forçava interpretações e acabava em triunfo espetacular. Chamavam-lhe “grande cabeça” nos círculos de convivência comum. Era temido pelos colegas de carreira. Os assistentes se atropelavam a fim de atendê-lo no que desejasse. Muita vez, foi convidado a atuar, em posição destacada, nas esferas político-administrativas; entretanto, esquivava-se, porque as gratificações dum deputado eram singelas, perto dos honorários que recebia. Seus clientes degradantes eram sempre numerosos. Sua banca era frequentada por avarentos transformados em sanguessugas do povo, por negociantes inescrupulosos ou por criminosos da vida econômica, detentores de importante ficha bancária. Abelardo nunca foi visto lutando em causa humilde, defendendo os fracos contra os poderosos, amparando infortunados contra os favorecidos da sorte. Afirmava não se interessar por questões pequenas.

Mas, havia alguém que o acompanhava, sem tecer elogios precipitados. Era sua mãe, nobre velhinha cristã, que o alertava, de quando em quando, com sinceridade e amor. Dizia ela:

- Abelardo, não te descuides na missão do Direito. Não admitas que a ideia de ganho te avassale as cogitações. Creio que a tarefa da justiça terrestre é muito delicada, além de profundamente complexa. Ser advogado ou juiz é difícil ministério da consciência. Por vezes, observo-te as inquietações na defesa dos clientes ricos e fico preocupada. Não te impressiones pelo dinheiro, meu filho! Repara, sobretudo, o dever cristão e o bem a praticar. Sinto falta dos humildes, em derredor de teu nome. Ouço os aplausos de teus colegas e conheço a estima que desfrutas, no seio das classes abastadas, mas ainda não vi, em teu circulo, os amigos apagados de que Jesus se cercava sempre. Nunca pensaste, Abelardo, que o Mestre Divino foi advogado da mulher infeliz e que, na própria cruz, foi ardoroso defensor dum ladrão arrependido? Creio que o teu apostolado é também santo...
O eminente advogado balançava a cabeça, em sinal de desacordo, e respondia:
- Mãezinha, os tempos são outros. Devo preservar as conquistas efetuadas. Não posso, por isso, satisfazer-lhe as sugestões. Compreende a senhora que o advogado de renome necessita de clientes à altura. Alias, não desprezo os mais fracos. Tenho meu gabinete vasto, onde dou serviço a companheiros iniciantes, junto aos quais os menos favorecidos do campo social encontram os recursos que necessitam...
- Oh! Meu filho! Estimaria tanto ver-te a sementeira evangélica!...
O advogado interrompia-lhe as observações, sentenciando:

- A senhora, porém, necessita compreender que não sou ministro religioso. Não devo ligar-me a preceituação estranha ao Direito. E é tão escasso o tempo para a leitura e analise dos códigos que me não sobra ensejo para estudos do Evangelho. Além do mais – e fazia um gesto irônico -, que seria de meus filhos e de mim mesmo se apenas me rodeasse de pobretões? Seria o fim da carreira e a bancarrota geral.
A genitora discutia amorosa, fazendo-lhe sentir a beleza dos ensinamentos cristãos, mas Abelardo, que se habituara aos conceitos religiosos de toda gente, não se curvava às advertências maternas, conservando mordaz sorriso ao canto da boca.
A experiência terrestre foi passando devagar, como quem não sentia pressa em revelar a eternidade da vida infinita.
lama umbralina
A Senhora Tourinho regressou à espiritualidade, muito antes do filho.
Abelardo, todavia, jamais cedeu aos seus pedidos.
E foi assim que a morte o recolheu, envolvido em extensa rede de compromissos (com a lei divina). Compreendeu, tarde demais, as tortuosidades perigosas que traçara para si mesmo. Muito sofreu (no umbral) e chorou nos caminhos novos. Não conseguia levantar-se, achava-se caído, na expressão literal. Crescera-lhe a cabeça enormemente, retirando-lhe a posição de equilíbrio normal. Colara-se à terra, entontecido e freqüentemente atormentado pelas vitimas ignorantes e sofredoras (pessoas que ele prejudicou quando os fez perder a causa tornaram-se obsessores).
A devotada mãezinha visitou-o por anos, sem alcançar resultados animadores.
Ele prosseguia na mesma situação de imobilidade, deformação e sofrimento.
A mãe, reparando na ineficácia de seus carinhos, trouxe um elevado orientador de almas à paisagem escura (umbral).

Pretendia um parecer, a fim de traçar diretrizes de ação.
O prestimoso amigo examinou o paciente, registrou-lhe as pesadas vibrações mentais, pensou, pensou e dirigiu-se à abnegada mãe, compadecido:
- Minha irmã, o nosso amigo padece de inchação da inteligência pelos crimes cometidos com as armas intelectuais. Seus órgãos da ideia foram atacados pela hipertrofia de amor-próprio. Ao que vejo, a única medida capaz de lhe apressar a cura é a hidrocefalia no corpo terrestre.
A nobre genitora chorou amargurada, mas não havia remédio se não conformar-se.
E, daí a algum tempo, pela inesgotável bondade do Cristo, Abelardo Tourinho reencarnou e podia ser identificado por amigos espirituais numa desventurada criança do mundo, colada a triste carrinho de rodas, apresentando um crânio terrivelmente disforme, para curar os desvarios da “grande cabeça”.

Pelo espírito: Irmão X (Humberto de Campos)
Psicografia: Chico Xavier
Livro: Pontos e Contos

Gostou desta Semente de Luz? Que tal curtir e compartilhar com seus amigos?
Sementes de Luz Plantadas